HANNAH ARENDT – O FILME (DIREÇÃO: MARGARETHE VON TROTTA) [ASSISTA NA ÍNTEGRA OU FAÇA O DOWNLOAD]

Hannah3
Hannah4
Hannah Arendt (1906-1975)
Um filme de Margarethe von Trotta
Estrelado por Barbara Sukowa
Completo e legendado em português:

DOWNLOAD TORRENT

* * * * *

LEIA TAMBÉM:

Hannah5 “Origens do Totalitarismo”
Download do e-book
(Cia das Letras, 1990, pdf)

“A incisiva e inesgotável sugestividade do abrangente pensamento de Hannah Arendt torna este livro […] ponto de referência indispensável para a reflexão político-filosófica no mundo contemporâneo.” Celso Lafer

“Um formidável instrumento de análise, aqui e agora, para desvendar os elementos de autoritarismo, de opressão, que sobrevivem no liberalismo dos regimes democráticos ou no socialismo que se liberaliza.”Paulo Sérgio Pinheiro

SINOPSE:  “Origens do Totalitarismo” tornou-se um clássico logo depois de sua publicação, e até hoje a obra é considerada a história definitiva dos movimentos políticos totalitários. Hannah Arendt primeiro elucida o crescimento do antissemitismo na Europa Central e Ocidental nos anos 1800 e prossegue com a análise do imperialismo colonial europeu desde 1884 até a deflagração da Primeira Guerra Mundial. A última seção discute as instituições e operações desses movimentos, centrando-se nos dois principais regimes totalitários da nossa era: a Alemanha nazista e a Rússia stalinista. Arendt considera a transformação de classes em massas, o papel da propaganda para lidar com o mundo não totalitário e o uso do terror como fatores essenciais para o funcionamento desse tipo de regime. E no brilhante capítulo de conclusão, ela avalia a natureza de isolamento e solidão como precondições da dominação total.

* * * * *

“A Vida do Espírito” (Relume Dumará, 1992, 21 MB, PDF)
Download e-book

* * * * *

 
“A Condição Humana”
Download e-book

* * * *

Arendt Eichmann“Eichmann en Jerusalén – Un estudio sobre la banalidad del mal”
Download e-book

* * * *

Arendt“Men in Dark Times”
Download ebook

* * * *

Hannah2

“O mundo comum é aquilo que adentramos ao nascer e que deixamos para trás quando morremos. Transcende a duração de nossa vida tanto no passado quanto no futuro: preexistia à nossa chegada e sobreviverá à nossa breve permanência. É isto o que temos em comum não só com aqueles que vivem conosco, mas também com aqueles que aqui estiveram antes e aqueles que virão depois de nós. Mas esse mundo comum só pode sobreviver ao advento e à partida das gerações na medida em que tem uma presença pública. É o caráter público da esfera pública que é capaz de absorver e dar brilho através dos séculos a tudo o que os homens venham a preservar da ruína natural do tempo. (…) Fluindo na direção da morte, a vida do homem arrastaria consigo, inevitavelmente, todas as coisas humanas para a ruína e a destruição, se não fosse a faculdade humana de interrompê-las e iniciar algo novo, faculdade inerente à ação como perene advertência de que os homens, embora devam morrer, não nascem para morrer, mas para começar.” HANNAH ARENDT em “A Condição Humana” (Compartilhar via Facebook)

#EbooksClássicos: “GRANDE SERTÃO: VEREDAS”, de João Guimarães Rosa (1908 – 1967)

gsv8a-cover

“GRANDE SERTÃO: VEREDAS”,
de João Guimarães Rosa (1908 – 1967)

DOWNLOAD DO LIVRO NA ÍNTEGRA (EM PDF, 2 MB)
(via Colunas Tortas)

Veja também as belas explanações de…

Haroldo de Campos

Antonio Candido

Décio Pignarati

Paulo Mendes da Rocha

Antonio Callado

Eduardo Coutinho

Willi Bolle