Dá Licença de Contar: assista ao curta-metragem que recria o universo existente nas canções de Adoniran Barbosa

Dá Licença de Contar

Assista ao curta-metragem que recria o universo existente nas canções de Adoniran Barbosa

“Você com certeza conhece alguma música do Adoniram Barbosa, seja ela “Saudosa Maloca”, “Trem das Onze”, “Samba do Arnesto”, “Iracema”, enfim. Todas elas contam histórias que são extremamente visuais. Por isso, este curta metragem de ficção, baseado nas canções do Adoniram e em todo o universo que permeia a carreira dele, está calcado em uma estética condizente com tempo e espaço no qual o artista estava inserido.

Episódios famosos nas canções do sambista paulistano são encenados e interligados numa releitura inédita. As letras de Adoniram são narrativas ao mesmo tempo pitorescas e verossímeis que descrevem o cotidiano do homem popular paulistano numa época que já não existe mais. Observador do povo e das ruas, sabia como poucos retratar sua realidade. Sua maneira peculiar de falar, assim como sua antivoz rouca, tornaram-se símbolos da cidade de São Paulo e parte da cultura popular brasileira, calando definitivamente aqueles que chamavam a cidade de o “túmulo do samba”.

Suas histórias, contadas através da música, são roteiros quase prontos para serem filmados, extremamente visuais: quantos de nós já não imaginamos como seria o rosto de Arnesto ou Iracema, ou a Maloca onde moravam os três amigos? Sua obra, todavia, não foi retratada no cinema, o que configura uma enorme oportunidade e desafio.

No filme, um Homem de Chapéu, gravata borboleta e bigode (representando o cantor Adoniram Barbosa) toma uma dose de pinga num boteco enquanto conta a um jovem garçom as divertidas histórias de sua juventude naquele mesmo local. Relembra da “maloca” em que vivia, ali mesmo, acompanhado de mais dois amigos, Joca e Mato Grosso, o primeiro deles um mulherengo nato e o segundo um bêbado emigrante do Estado que lhe dava nome.

Seus “causos”descrevem as rodas de samba das quais participavam, a paixão de Mato Grosso por Iracema, um samba ao qual foram convidados por Arnesto, mas que ao comparecerem não havia ninguém, e por fim o mais significativo e triste dos episódios: a demolição da maloca em que viviam.

O curta foi dirigido por Pedro Serrano, formado em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda pela ESPM. Pedro atuou como Diretor, Roteirista e Produtor do documentário “Luto em Luta”, lançado nos cinemas em Agosto de 2012.”

Texto adaptado do site Partio

Elenco: Paulo Miklos, Gero Camilo, Gustavo Machado, Aisha Jambo, Caio Juliano, Zemanuel Piñeiro.

ASSISTIR NO YOUTUBE

COMPARTILHAR NO FACEBOOK

 

Sobre www.acasadevidro.com

Plugando consciências no amplificador. Professor de Filosofia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG). Documentarista independente.

2 pensamentos sobre “Dá Licença de Contar: assista ao curta-metragem que recria o universo existente nas canções de Adoniran Barbosa

  1. Dá licença pra comentá…é uma viagem de vórta a sum paulu que curti nos anos 70 idos tempos da faculdade de psicologia.
    Documentário muito rico em detalhes no resgate memorial tendo as canções do Mestre Adoniram como moldura.
    Lindo e afetivo que me provoca a rever outras vezes.
    Intão dá licença de vê outra vêis.
    Parabéns a todos os envolvidos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s