Saco de Ratos, “Boêmios Errantes”

 - Saco de Ratos - Boêmios Errantes

”De pernas pro ar, vivo ao deus-dará,
meu melhor amigo é um balcão de bar
Vivo no perigo, procurando abrigo…
envelhecendo sem criar juízo (…)
um beat sem estrada mendigando um fim!

E quando for a hora, sei que não demora…
não quero ninguém rezando por mim!”

Mário Bortolotto, o Bukowski da dramaturgia brazuca,
esgoelando um blues boêmio… bem massa!

Sobre www.acasadevidro.com

Plugando consciências no amplificador. Professor de Filosofia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG). Documentarista independente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s